parallax background
parallax background

Festa do Jazz 2020 disponível na RTP Palco

O Jazz Português acessível gratuitamente a todos

No sentido de garantir o direito de acesso à Cultura a Festa do Jazz está disponível gratuitamente para todos a partir de dia 3 de Dezembro na plataforma da RTP Palco.

A 18ª Edição da Festa do Jazz realizou-se nos passados dias 12 e 13 de Setembro pela primeira no Centro Cultural de Belém (CCB) em Lisboa e contou com uma parceria inédita com a RTP Palco para a transmissão em directo e posterior disponibilização de conteúdos nesta plataforma. Ainda que a Festa do Jazz não tenha contado com público presencial, agora pode ser vista por todos de forma gratuita na RTP Palco a partir de hoje, dia 3 de Dezembro.

Toda a programação da Festa do Jazz 2020 estará disponível na plataforma RTP Palco, incluindo os concertos ao vivo de Maria João & Carlos Bica Quarteto, Mali M’Bule Baaba – 50 Anos de Bernardo Sassetti, João Barradas, Ricardo Toscano “The Sound of Desire”, Andy Sheppard Costa Oeste, Tomás Marques Quarteto e Gabriel Ferrandini “Volúpias”.

De destacar também as première dos concertos de Susana Santos Silva + Angélica Salvi, o Encontro I com Carlos Martins, João Paulo Esteves da Silva, Carlos Bica e João Lobo, e Encontro II com coordenação da pianista Inês Proença, com Maria Fonseca, Sofia Queiroz e Beatriz Félix.

Mantendo a sua tradição do principal festival nacional onde se cruzam gerações, estilos e públicos, a Festa do Jazz teve este ano um formato diferente no Encontro Nacional de Escolas, com a presença dos combos de escolas ao longo do país que também podem ser vistas na plataforma RTP Palco bem como a entrega dos Prémios RTP/Festa do Jazz.

A programação completa da Festa conta também com sessões de coaching “Jazz e o Mercado de Trabalho” com Pedro Costa (Clean Feed), Gonçalo Frota (Público) e Carlos Martins (ASL/Festa do Jazz); o lançamento do livro Festa do Jazz com Duarte Azinheira da INCM e Gonçalo Frota, o debate Portugal, Jazz e Racismo com Maria João, Selma Uamusse e Mamadou Ba com mediação de Carlos Martins.

A Festa do Jazz 2020 associou-se, neste tempo de pandemia e de grande dificuldade dos trabalhadores culturais, ao Fundo de Solidariedade com a Cultura lançado pela Santa Casa, GDA, Audiogest e GEDIPE através da recolha de donativos, via website Associação Sons da Lusofonia, que revertem a 100% para o fundo.

Apesar de todas as adversidades resultantes da pandemia e da falta de apoios do Estado, um flagelo nas vidas dos profissionais da cultura, numa fase em que atravessam as maiores dificuldades dos últimos anos, na ASL não baixámos os braços e lutámos para manter a Festa do Jazz e assim contribuir para minimizar o impacto da pandemia na vida de artistas e técnicos.

Em 2021, a 19ª Festa do Jazz realizar-se-á novamente valorizando as várias tendências do jazz português e mostrando as qualidades únicas da comunidade que ajudou a consolidar. Precisamos de estar mais juntos e de lutar, com outras áreas da cultura, pela dignificação das vidas de artistas, técnicos e outros trabalhadores das artes performativas. Esta pandemia pode ser a oportunidade não perdida para consolidar uma luta que para nós já vem de há mais de 25 anos. Por isso contamos convosco para a mudança inevitável.