ASL

ARQUIVO

< VOLTAR

Tambores na Cidade (2005)

Tambores na Cidade foi um projecto da Associação Sons da Lusofonia, em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e a EGEAC, inserida no Programa Lisboa em Festa 2005. Projecto esse que pretendeu dar visibilidade à cultura musical urbana e miscigenada de Lisboa, fruto de um diálogo entre diferentes culturas e influências, desconhecida da grande maioria dos cidadãos.

O elenco base do grupo Tambores na Cidade contou com Carlos Martins (saxofone), Kalaf (textos e voz), João Gomes e Francisco Rebelo, dos Cool Hipnoise (teclas e baixo), Ndu (bateria), Mil-Homens, dos Tocárufar (percussão), Mick Trovoada (percussão), Edu Miranda (bandolim), Jonnhy (DJ), Alexandre Frazão (bateria), Mário Delgado (guitarra) Melo D (voz) e Jesse Chandler (teclas). Jorge Palma, Paulo Gonzo, Marta Dias (voz) e Zé Pedro (guitarra) foram os artistas convidados que se juntaram à formação de base para participar nos encontros com as jovens promessas, seleccionada mediante audições criteriosas nos diferentes bairros lisboetas.

Este projecto mostrou uma preocupação em envolver as comunidades artísticas e não artísticas, de forma a desenvolver um sentimento de pertença pela participação em acções que deixram uma marca residual nas pessoas que nelas se envolvem. A metodologia baseiou-se na junção da componente tradicional, sedimentada pelas comunidades, à experimentação, base da criação artística.

Com o objectivo de trazer a voz dos bairros ao centro da cidade e também de dar voz aos novos talentos, dentro e fora das suas comunidades, a ASL pôs em prática um binómio artístico-pedagógico como forma mais eficaz de enraizamento de projectos, responsável pela consolidação de relações entre artistas e pedagogia e que consistiu na realização de workshops e acções de sensibilização.