FESTA DO JAZZ - Edições

2015

27 a 29 de Março

Ano após ano a Sons da Lusofonia, os músicos e as Escolas, preparam um acontecimento que depois desemboca em Lisboa, no Teatro São Luiz – a grande casa do jazz português nestes 13 anos – em 3 dias de Festa e de encontros. Como disse já muito foi escrito sobre a Festa e por isso só queremos realçar que num momento em que voltamos a ter 3 dias de programação, tal só é possível devido ao investimento feito pela Sons da Lusofonia quando quase todo o País fez um desinvestimento na cultura nos últimos anos.

Em 2015 voltamos a ter 3 dias de programação graças a um maior investimento do São Luiz Teatro Municipal e porque a Sons da Lusofonia captou a parceria de um novo patrocinador. A Festa está a crescer de novo e sustentadamente. Só com tempo, e os músicos bem o sabem, se consegue apurar a técnica para que esta passe a ser arte. Só com tempo e um sério investimento temos a confiança da comunidade jazzística e podemos aceitar novos desafios. É por isso que se torna fundamental continuar com o encontro nacional de Escolas e apostar em novos valores como os que desde há vários anos constituem o cartaz da Festa e que agora são dos melhores músicos de Portugal a exercer cá e no estrangeiro.

A Sons da Lusofonia tem investido em parcerias internacionais para divulgar e internacionalizar a música improvisada portuguesa. Graças a esta abertura teremos este ano, pela primeira vez numa programação internacional, duas mulheres representantes do melhor jazz europeu, quase sem custos. Porque é necessário começarmos a incorporar esta necessidade, por nós já antes expressa, de que a Festa do Jazz sendo o maior acontecimento de jazz português feito entre nós se abra ao mundo e se torne também numa Festa de referência internacional apresentada em Lisboa.



Veja o cartaz aqui