ARQUIVO

Oficinas do RAP

Orquestra Sons da Lusofonia

As Viagens do Fado

Triangulação da Concertina

Caminhos Alternativos

Orientes no Ocidente

O Grande Porto do Sul

Encontros de Jazz de Évora

Sons do Mundo na Filarmónica

Tambores na Cidade

As Novas Marchas de Lisboa

APRESENTAÇÃO     IMPRENSA

PROJECTO MULTIDISCIPLINAR - 1998

 

“Orientes no Ocidente” é um projecto integrado no Caminho do Oriente da Expo 98, com o objectivo de animar e mostrar as potencialidades da zona Oriental da Cidade de Lisboa, através de espectáculos e oficinas pedagógicas.

Neste projecto incluem-se:

Concerto da Orquestra Sons da Lusofonia - 27 de Março, no edifício Abel Pereira da Fonseca

Hip Hop no Oriente
– Workshops de Rap/hip hop 
De 9 a 13 de Março de 1998 realizaram-se Oficinas Rap (com a coordenação pedagógica de Guto César – Black Company e a produção executiva de Hernâni Miguel).
13 de Março - 1º Encontro Nacional de Rap da Área Metropolitana de Lisboa, com o Apoio do “Caminho do Oriente”. 

21 e 22 de Setembro - Apresentação de 2 espectáculos de RAP/Hip Hop no recinto da Expo’98, com a participação de 10 grupos constituídos por músicos convidados, participantes no Encontro Nacional e nos Workshops. 


 No âmbito deste evento, teve lugar a primeira conferência inteiramente dedicada à discussão da cultura HIP HOP em geral e do RAP em particular, em Lisboa. A ERA PÓS – RAPÚBLICA foi o tema subjacente que contou com a participação de diversos profissionais ligados de diferentes formas à produção, divulgação e gravação do Rap Nacional. Reflectiu-se sobre o processo de crescimento da música rap feita em Portugal e sobre as dimensões do rap editado e do rap não editado.

Participantes
António Contador e Emanuel Ferreira – autores da obra Ritmo & Poesia: Os Caminhos do RAP (Assírio & Alvim, 1997)
D Mars – Mc, compositor e produtor do grupo Micro
José Mariño – Antena 3, responsável pelo programa de rádio Repto
Makkas – Mc e compositor do grupo Black Company
Rui Miguel Abreu - A & R da Editora Norte /SUL 


MÚSICA PELA PAZ NA GUINÉ
O Medo apoderou-se dos corpos. O pânico e a dor atingiu-lhes o coração. Os que puderam abandonaram o país, os que não tiveram alternativa ficaram. E viveram os horrores de uma guerra, para muitos, inesperada.

A ASSOCIAÇÃO SONS DA LUSOFONIA organizou, no dia 11 de Agosto de 1998 na Praça SONY, um espectáculo de solidariedade com dezenas de intervenções. O espectáculo contou com a presença de Dulce Pontes, Filipa Pais, Sara Tavares, Paulo gonzo, Rui Veloso, Tim, Jorge Palma, Carlos Martins, Pedro Caldeira Cabral, Guto pires, General D, Cool Hipnoise, Netos do N’Gumbe, Camané, Ângelo Torres, e Miguel Hurst (teatro), Marlene Freitas (dança), Alexandre Frazão, Mário Delgado e Bernardo Sassetti, entre outros. A receita deste projecto reverteu a favor da Plataforma das Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento.