PROJECTOS

Festa do Jazz

Lisboa Mistura

Modo Portátil: Cidadania em Ação

Portugal em Jazz

Modo Portátil

Projectos Musicais

APRESENTAÇÃO

Portugal em Jazz é um projecto criado pela Associação Sons da Lusofonia que conta com o apoio do Governo de Portugal – Secretaria de Estado da Cultura / DGArtes – Direcção Geral das Artes que surge do longo trabalho desenvolvido pela ASL no âmbito da Festa do Jazz.

Entre os principais objectivos do projecto Portugal em Jazz estão o mapeamento da música improvisada em Portugal; incentivo à criação musical; a divulgação do trabalho de jovens compositores e instrumentistas, revisitação de obras de grandes músicos-compositores portugueses da área do Jazz; dinamização de conteúdos pedagógicos e descentralização de acesso aos mesmos, reflexão sobre os processos de criação e fruição da música improvisada em Portugal, desenvolvimento e implementação de projectos ligados. Nesse sentido o projecto desenvolve-se em 4 componentes de acção: 

- Prémio de Composição Bernardo Sassetti: pretende não só homenagear um dos mais relevantes músicos e compositores portugueses, como também fomentar o desenvolvimento das competências na área de composição no jazz divulgando de novos compositores portugueses. Os novos trabalhos galardoados pelo prémio serão interpretados pelo ensemble Portugal em Jazz, criado para este projecto. 

- Site www.portugalemjazz.pt: criação de uma plataforma online que acompanhe o desenvolvimento do projecto; que agregue informações úteis com as actividades de instituições ligadas ao Jazz; sirva de fórum de discussão de temas relevantes para a comunidade artística e pedagógica do jazz; divulgue artistas, projectos, edições e outras actividades relacionadas com a música improvisada. 

- Encontros de Escolas: No seguimento do trabalho desenvolvido na Festa do Jazz com os concursos de escolas, o Portugal em Jazz organizará encontros regionais entre várias escolas do país. Nestes encontros serão realizados workshops com instrumentistas de relevância no panorama português. Esta é a oportunidade de alunos da área da música improvisada, acederem a conteúdos pedagógicos e artísticos únicos e que complementarão a sua formação em cada uma das escolas a que pertencem. Para alem desta componente de ensino, esta actividade fomenta o intercâmbio e a relação entre diferentes instituições de ensino e uma maior compreensão por parte dos alunos de diferentes métodos de trabalho e estimula a criação de relações interpessoais e artísticas. 

- Formação Avançada nas áreas de produção, comunicação & marketing e fruição musical: para além da capacidade técnica e artística que um instrumentista deve desenvolver, no âmbito do seu processo de aprendizagem nas instituições de ensino musical, torna-se cada vez mais fundamental a compreensão de técnicas e ferramentas da área de produção, comunicação & marketing para o desenvolvimento de projectos artísticos. A noção de fruição musical é também um elemento importante não só no trabalho de criação e composição, mas também na perspectiva do público e na percepção da audiência.