2017
  2016
  2015
  2014
  2013

> Voltar

MODO PORTATIL a partir de Constança Capdeville

Estreia dias 13 e 14 de Fevereiro às 21h no Pequeno Auditório do CCB o espectáculo MODO PORTÁTIL a partir de Constança Capdeville. Este espectaculo está integrado na programação do projecto CFAC - MODO PORTÁTIL, organizado pela Associaçao Sons da Lusofonia, com coordenação de Carlos Matins e o apoio da Fundação EDP.

Tendo como referência a compositora Constança Capdeville e dentro de uma lógica de residência artística, o objectivo central do CFAC - MODO PORTÁTIL é a construção de módulos de criação e improvisação envolvendo uma discussão criativa, que contribuam para o desenvolvimento de uma plataforma que estimule o encontro e o debate entre diferentes artistas e diferentes estruturas.

Nesse sentido foram nesta fase convidados criadores de várias áreas a reflectirem e trabalharem em conjunto, tendo como caso de estudo a obra de Capdeville. A metodologia de trabalho é encontrada na base do conceito modular das diferentes disciplinas artísticas tal como foi assumidamente desenvolvido pela compositora portuguesa. Foram organizadas sessões de trabalho com este novo colectivo de artistas com espaços de improvisação que testaram a elasticidade e atritos das diferentes áreas artísticas, colocando o projecto numa zona de risco e de experimentação incomuns em Portugal.

Esta é particularidade do CFAC – MODO PORTÁTIL, que assume claramente o seu carácter experimental em que o principal objectivo não é a produção de um objecto mas sim o debate sobre a criação de ferramentas cognitivas e discursivas. Estas diferentes sessões de trabalho foram coordenadas por André e. Teodósio, António de Sousa Dias, Carlos Martins e Inês Botelho. Pretendeu-se com estes encontros estimular os artistas participantes a trabalharem o repertório de Constança Capdeville, repensando-a e reinterpretando-a nas múltiplas vertentes artísticas. Estes módulos de trabalho e de experimentação foram essenciais para a criação de material dramatúrgico do espectáculo MODO PORTÁTIL a partir de Constança Capdeville.

 

Equipa artística e técnica
Coordenação CFAC MODO PORTÁTIL: Carlos Martins
Coordenação sessões de trabalho: André e. Teodósio, António de Sousa Dias, Carlos Martins, Inês Botelho

Co-criação: André e. Teodósio, António de Sousa Dias, Inês Botelho, Joana Sá, Jonas Runa, José Luís Ferreira, Luiz Antunes, Nuno Moura, Patrícia da Silva, Ramiro Guerreiro, Tatiana Macedo Participação Especial: Eládio Clímaco
Produção: Associação Sons da Lusofonia
Co-Produção : Centro Cultural de Belém
Mecenas CFAC MODO PORTÁTIL: Fundação EDP
Apoios: Goethe-Institut Portugal, Cia. Olga Roriz, Bomba Suicida, CircuitPower, Ponto Zurca, Teatro Praga, ZdB
Apoio à Divulgação: Câmara Municipal de Lisboa
Agradecimentos: Margarida Garcia, Ana Carapinha, Alexandra Sabino, Alkantara, Sandro Araújo, Vasco Costa

Direcção de Produção: Alaíde Costa
Produção Executiva: Gisela Barros
Assistente de Produção: António Ferrador
Desenho de Luz: Pedro Leston e Pedro Leston Júnior
Operação de Luz: Pedro Leston Júnior
Técnicos Vídeo: Jorge Santos e Rodrigo Francisco